18 de jan de 2017

Gesto Ofensivo



Eu queria saber, da primeira pessoa que fez esse gesto da imagem acima, como é que ela achou que isso seria uma coisa legal, engraçada. E, para o meu espanto, vi umas pessoas dizendo que isso é “homenagem”... QUÊ???

Na época escolar, era muito comum os “colegas” fazerem isso pra mim, em tom de zombaria, afinal, faziam e riam como se não houvesse amanhã e pouco se importando se eu estava me sentindo desconfortável. Aliás, quanto mais eu demonstrava estar desconfortável, mais faziam e mais riam. Essas pessoas não sabem, mas isso me fez ter ódio dos meus olhos, dos meus traços. Parece que estou exagerando, né, afinal era só “brincadeira”...

Não é brincadeira, não é engraçado.
Não é brincadeira quando se tem que zombar de traços e cor de outra pessoa.
É desconfortável. É ofensivo, muito ofensivo.

Aí soltam o clássico “Tenho um amigo japa e ele não liga! É frescura isso! É mimimi!”, olha só tu já comete dois erros com uma só pessoa: o chamar de japa e fazer esse gesto com ele. Ele não ligar, não quer dizer que ninguém ligue, não quer dizer que é ok fazer isso com todos os descendentes. E outra, ele pode não “ligar” só de tabela, viu? Talvez ele só esteja aceitando isso para não ser excluído da roda, assim como eu já fiz. O problema é que com essa “aceitação”, acabamos sendo o alvo de piadas da roda...

O movimento asiático está se movimentando e tentando conscientizar as pessoas que tais termos e gestos são ofensivos, daí nos taxam de quê? Politicamente coretos, chatos, mimizentos. Vou transcrever aqui um comentário que li no Instagram

"Não dá p/ jogar p/ o outro os nossos traumas, somente nós podemos superá-los. Espero sinceramente que consiga superar os seus e ser feliz sem mimimi"”

Tá, então eu tenho que engolir aquilo que me deixou ferida algum dia e que pode vir a continuar ferindo outros asiáticos? Sim, concordo que só nós podemos superar nossos traumas, mas acredito que isso não nos impeça de dar um toque quando alguém propaga daquilo que já feriu tanta gente. 

Qual a dificuldade de entender que é ofensivo? Propagou ofensa sem saber que era ofensivo? Tudo bem, acontece, somos humanos, nós erramos, é normal. O que não é legal, é não aceitar que aquilo é ofensivo e ainda debater e chamar o ofendido de mimizento!


A pessoa que comentou aquilo que transcrevi, falou que é muito drama e que temos que viver a vida. É bem mais fácil dizer que é drama quando não é você o alvo das ditas “brincadeiras”, né? E uma coisa, nós alertarmos o que nos ofende não quer dizer que não vivemos a vida, quer dizer, simplesmente que queremos viver a vida com respeito. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário