30 de out de 2014

Quero um mundo...



Quero um mundo em que haja menos falsidade e mais sinceridade. 
Quero um mundo onde as pessoas não fujam quando confrontadas, que batam de frente com a batalha. Seja no campo profissional quanto amoroso.
Quero um mundo com mais amor e menos ódio, aliás, sem nenhum ódio. Esse sentimento, o ódio, é forte e destruidor demais para se alimentar. 
Quero um mundo onde todos sejam igualmente respeitados, desde a florzinha até a pessoa idosa.
Quero um mundo onde não haja abandono de crianças e animais. 
Quero um mundo onde todas as crianças possam ser crianças, possam brincar e se divertir como deve ser.
Quero um mundo onde todos tenham acesso a uma boa educação.
Quero um mundo onde todos tenham um atendimento médico de qualidade.
Quero um mundo onde não haja egoísmo.
Quero um mundo onde as pessoas façam aquilo que gostam e não por dinheiro.
Quero um mundo onde todos possam ser livres de julgamentos e/ ou rótulos.
Quero um mundo sem desigualdades sociais.
Quero um mundo em que as pessoas respeitem a opinião do próximo.
Quero um mundo onde não haja medo. 
Quero um mundo só de paz, felicidade e muito amor ao próximo e no coração.

É, acho que estava um pouco filosófica hoje xD Sério, do nada me deu vontade de escrever isso... E gostei do que escrevi! Ontem escrevi sobre agradecer e hoje saiu isso... O que aconteceu, Yayoi? rs Não sei... Não sei mesmo!

Coisa boa? Na... Tô na espera... Na verdade acho que nem na espera. Li no livro "Um Sorriso ou Dois", que homem não some, ele perde o interesse. Então ok. Fiz a minha parte. Provavelmente dessa vez eu quem estraguei tudo, mas enfim. Fiz e não me arrependo... Tá, vai, só um pouco u_u Mas aquilo ia ficar preso na minha garganta!! Então que estrague tudo de vez! Ou não rs Bom, não sei...

Mas enfim, fiquem aí com meu poeminha bonitinho =)



Nenhum comentário:

Postar um comentário