31 de dez de 2014

Ano Novo!


É, mais um ano que está chegando ao fim. Eu estou mofando em casa, dia de "comemorar" é amanhã.

2014 não foi um ano muito bom para muitos. Bem, dona Morte mostrou muito serviço esse ano, espero que ano que vem ela pegue mais leve. Para os comerciantes também foi um ano bem crítico.

Pessoalmente foi um ano interessante. Foi bem interessante, na verdade. Passei por situações diferentes, senti coisas diferentes, tive experiências diferentes. Descobri um lado meu que estava adormecido. Nesse ano conversei, dei risada, muita risada, me apaixonei, beijei, passeei, aconselhei, sonhei, idealizei, senti saudade, senti muita saudade, chorei, sofri, senti muita dor, me senti muito triste, me senti miserável, me humilhei, chorei (sim duas vezes porque não foi pouco) e tudo isso pela mesma pessoa.

Foi triste? Sim, muito, mas não me arrependo de nada. Tá, me arrependo de ter me humilhado sim, mas fazer o que? Fica como aprendizado. O que dito que não me arrependo é que apesar da muita dor que senti, a parte feliz ultrapassa! Apesar do sofrimento ter durado muito mais meses, eu não deixo ele ultrapassar a época feliz! A época muito feliz! Feliz de uma maneira que jamais pensei que um dia viria sentir!

Uma pena que agora esta pessoa esteja perdida... Estou muito decepcionada, mas algo me diz para ter fé!

Enfim, que 2015 seja com mais beijos e menos lágrimas! E que o único desejo de 2015 seja ser feliz! O resto a gente dá um jeito!! ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Como Pode?

Uma vez estava conversando com uma amiga, falando das coisas que estava passando com o coiso (sim, sempre vou me referir a ele desse j...